HMRH orienta sobre solicitação de cópias de prontuários

Devido ao grande número de solicitações de cópias de prontuários médicos, o Hospital Municipal Ruth Cardoso através do Serviço de Arquivo Médico de Exames (SAME), fez um levantamento dos pedidos e constatou que cerca de 30% dos pacientes que fazem o requerimento de seu prontuário não retornam ao hospital para retirá-lo.

Os prontuários são geralmente solicitados quando o paciente precisa dar entrada em seguros ou na continuidade de tratamentos. “Ele é composto por vários documentos que registram todos os dados da internação do paciente, por isso é importante saber exatamente o que precisa antes de solicitar”, explica o diretor-geral do hospital, Rodrigo Massaroli.

São realizados em média 25 pedidos de cópia por dia, cerca de 490 ao mês. Isso gera um grande número de impressões porque alguns prontuários possuem dezenas de páginas, de acordo com o tempo de internação do paciente. Portanto, o hospital recomenda que é preciso verificar se o documento é realmente necessário antes de realizar seu requerimento. Além de evitar o desperdício de material, essa atitude também vai economizar tempo dos funcionários, que poderão realizar outras ações dentro do hospital, uma vez que a demanda é bastante grande.


Fonte/Foto: Comunicação PMBC