Acampamento Farroupilha reuniu cerca de 40 mil pessoas em Balneário Camboriú

Por 10 dias, Balneário Camboriú se transformou em uma extensão do Rio Grande do Sul, durante o Acampamento Farroupilha 2017. O evento, que terminou domingo (24), atraiu gaúchos desgarrados do pago e apreciadores da cultura tradicionalista.

De acordo com o integrante da comissão organizadora dos grupos culturais, Juan Daniel Isernhagen, do Grupo Bagualles, cerca de 40 mil pessoas passaram pelo Acampamento de 15 a 24 de setembro. Esta foi a 5ª edição do evento. “Comparando com as outras edições, essa foi a mais cheia, com atrações de peso e programações culturais. No Rio Grande do Sul, poucas cidades têm uma festa farroupilha tão movimentada como a nossa”, comenta o gaúcho Isernhagen.

O recorde de público, de seis mil pessoas, foi na sexta-feira (22), com o show de Joca Martins, um dos grandes nomes do nativismo. Entre as atrações do Acampamento Farroupilha, estavam, além de shows nativistas, apresentações de danças, provas campeira e comercialização de comida típica.

O Acampamento Farroupilha é alusivo ao aniversário da Revolução Farroupilha, que começou em 20 de setembro de 1835, no Rio Grande do Sul, e terminou em 1845. Contra o governo imperial do Brasil, a revolução é considerada uma das mais longas rebeliões da história do país. O evento teve o apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú.


Fonte/Foto: Comunicação PMBC