CAPS faz campanha para arrecadação de remédios

Ação tem como objetivo recolher medicamentos que não são mais utilizados pelos pacientes e fazer uma redistribuição. Comunidade também pode colaborar

 Desde o início de fevereiro, o Centro de Atenção Psicossocial de Camboriú (CAPS), promove uma campanha para arrecadação de remédios entre os seus pacientes. A medicação doada passa por uma avaliação da equipe e será redistribuída dentro da unidade, conforme necessidade dos pacientes. A comunidade também pode colaborar com a campanha.

A coordenadora do CAPS, Thalita Berlinck, conta que a ideia surgiu ao constatar que muitos pacientes tinham em casa medicamentos sem uso. "Isso ocorre porque muitas vezes esses pacientes recebem uma medicação da rede para iniciar o tratamento e quando este passa por outro médico ele muda a receita e alguns remédios ficam sem uso e sem o descarte correto. Com isso, decidimos iniciar essa campanha, com prioridade para a arrecadação dos psicotrópicos, entre outros remédios, que estejam dentro das condições exigidas e possam ser utilizados por outros pacientes da unidade", conclui.

Thalita também reforça que qualquer pessoa pode colaborar com a campanha. "Inicialmente a campanha é interna, entre os pacientes da nossa unidade, mas caso alguém queira colaborar, é só levar a medicação ao CAPS, vamos verificar as condições do remédio e se não puder ser aproveitado, terá o encaminhamento correto", esclarece.  
Os remédios doados devem apresentar número do lote e validade legível, além de estar com as cartelas sem nenhuma violação. O ponto de arrecadação fica na sede do CAPS, localizada na Rua Lauro Muller, nº 250, com horário de atendimento das 7 às 18 horas.

O CAPS de Camboriú é referência e tratamento para pessoas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e persistentes.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Camboriú