Obras nos pontos de milho e churros chamam atenção

A construção dos pontos de milho e churros na beira mar chamou atenção de turistas que vieram passar o feriado prolongado em Balneário Camboriú. Alguns manifestaram opiniões favoráveis, dizendo que o aspecto melhorou muito, principalmente na questão de higiene e limpeza, outros nem tanto.

O principal questionamento foi a ocupação da faixa de areia que já está povoada demais. Um turista do Paraná questionou obras novas quando se fala em alargamento da faixa de areia. “Pensei que esse alargamento estava decidido e encaminhado e agora vejo que estão construindo coisas novas na areia”, questionou o bancário aposentado, habitual frequentador de Balneário Camboriú.

Alguns pontos estão em obras, outros ainda nem começaram a reforma e próximo à praça Tamandaré está o primeiro que ficou pronto, que está servindo de modelo.

No entanto, um dos coordenadores da secretaria do Planejamento Laurindo Ramos, que está acompanhando de perto as obras, disse que optaram em padronizar os pontos, como estava previsto inicialmente. As pinturas foram descartadas e todos receberão revestimento em madeira.

Outra alteração será rebaixar as paredes laterais que servirão para acondicionar as cadeiras e os guardas-sóis de aluguel.

“As paredes ficaram muito altas, atrapalha o visual da praia. Elas serão rebaixadas”, disse Ramos.

As obras são realizadas pela Associação dos Pontos de Milho e Churros e cada associado é responsável pelo pagamento do seu ponto.


Fonte: Jornal Página 3
Foto: Comunicação PMBC