Geólogo vai identificar áreas de risco de Balneário Camboriú

As áreas de risco de Balneário Camboriú estão sendo identificadas. Durante 30 dias o geólogo Jannio Zadick Pineda Aguilar, irá percorrer com a equipe da Defesa Civil diferentes pontos da cidade, identificando as áreas de risco. O trabalho começou nesta segunda-feira (04) nas encostas do Bairro das Nações e seguirá para o Nova Esperança, Bairro da Barra, Praia dos Amores e Ariribá.

A contratação do geólogo se deu através do Colegiado de Defesa Civil da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI). O diretor da Defesa Civil, Fabrício Melo, explica que a ideia foi levada para os prefeitos dos municípios e prontamente atendidas. “Precisamos olhar de forma mais aprofundada para nossas áreas de risco, por isso pedimos por esse serviço, prontamente atendido pelas prefeituras da região”, explicou ele. 

O último estudo desse tipo realizado na região foi em 2013, pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). Fabrício comenta que essa avaliação deve ser realizada a cada dois anos. “Na última vez eles sobrevoaram e mapearam os bairros, nós estamos indo nas encostas e entrando nas residências, conversando com os moradores e os alertando de seus riscos”, completou o diretor da Defesa Civil. No último estudo foram identificadas oito áreas de risco.

 

Foto: Silvia Bomm/Arquivo Sectur